MATÉRIAS

PARKER 61

PARKER 61 Após anos de intensiva pesquisa envolvendo uma equipe de 50 pessoas, a PARKER anunciou, em setembro de 1956, a nova “61”, caneta com um sistema de enchimento revolucionário. Sem partes móveis, o mecanismo de capilaridade que compreendia uma bobina de celofane com diversos pequenos cortes, embalada em um tubo protegido por uma pintura de Teflon, enchia a caneta “automaticamente” quando imerso no tinteiro por cerca de 1 minuto.

Assim, como a 51, a pena tubular de ouro da 61 era envolvida pela concha, a qual possuía uma particularidade, uma pequena seta metálica inserida na mesma.Os primeiros modelos de 61 possuíam três tipos de tampas, todas com o motivo “Rainbow”(arco-íris) e, durante 1956 e início de 1957, possuíam um pequeno aplique em metal próximo à borda da tampa, onde se liam as palavras “FIRST EDITION”(primeira edição). A primeira série de canetas 61 possuía uma tampa mais comprida (6,2 cm sem o clip), ao passo que as posteriores, de enchimento capilar, bem como aquelas últimas, já com sistema de conversor, possuíam uma tampa mais curta (6 cm sem o clip).

Os modelos de tampas designavam as canetas e eram:
HEIRLOOM – tampa RAINBOW com faixas de ouro verde e rosa (disponível também, inicialmente, com o pequeno símbolo “FIRST EDITION”).
HERITAGE  – tampa RAINBOW com faixas de ouro amarelo e prata (disponível  também, inicialmente, com o pequeno símbolo  “FIRST EDITION”).
LEGACY       – tampa RAINBOW com faixas de níquel e prata.
CUSTOM      – tampa dourada
CLASSIC      – aço fosco (Lustraloy), clip de aço.
STANDARD – aço polido (Lustraloy), clip de aço.
DE LUXE     – aço fosco com clip dourado (disponível também, inicialmente, com  o pequeno símbolo ” FIRST EDITION”)

As canetas que possuíam tampas com clip dourado, possuíam também a seta da concha, o anel intermediário e o pequeno anel na traseira do corpo dourados. Aquelas em que o clip era aço, possuíam tanto a seta da concha como o pequeno anel traseiro, também em aço cromado.

As cores dos corpos de plástico, eram:
verde “surf”, azul claro, vermelho, cinza escuro e preto.

Além dos modelos com corpos plásticos, foram também comercializadas com acabamento todo metálico (corpo e tampa).

-     “61 Flighter”, em aço escovado com clip e detalhes dourados;
-     “61 Custom Insignia“, toda dourada;
-     “61 Presidential”, toda em ouro 14k (U.S.A.).

A partir de1964, a PARKER 61 foi também introduzida na Inglaterra e existem inumeras variações de fabricação nesse país, para as tampas e para aquelas em metal. Existem PARKERS 61 em ouro maciço 9k e 18k, em vários desenhos, bem como em ouro branco.

Sempre estiveram disponíveis para fazer conjunto com as canetas tinteiro, a exemplo da PARKER 51, lapiseiras, canetas de grafite líquido e canetas esferográficas.

Em 1969, o sistema de capilaridade foi substituído por conversor (bomba) e as PARKERS 61 foram produzidas com esse sistema até serem descontinuadas em 1982.

A “61” é, talvez, o modelo da PARKER que possui maiores diferenças de opiniões quanto à qualidade de escrita. Seguramente não alcançou o sucesso da “51”, porém, deve ter chegado perto. A substituição do sistema capilar (que entupia quando não se usava a caneta continuamente) pelo sistema de bomba convencional, aproximou muito a qualidade de escrita e facilidade de manutenção à PARKER 51.

  

cfpo

Galeria de fotos

Notícias
NOVIDADES NO SITE !!!!!!!!!! NOVIDADES NO SITE !!!!!!!!!!
Veja novas inserções na seção de OUTRAS MARCAS.
Leia mais
Matérias
Clip Estrela das Rajadinhas Clip Estrela das Rajadinhas
Você sabia que o cobiçado clip “estrela” das Parkers Vacumatic (rajadinhas) só foi produzido durante o an
Leia mais
Vitrine
Conheça as nossas redes sociais facebook Instagram
Copyright © 2019 pensforever. Todos os direitos reservados